Terça-feira, 15 de Novembro de 2011
STÉVIA (Plantas Medicinais)

 

Plantas Medicinais P40

 

NOME; Stevia Rebaudiana,

 

FAMÍLIA;Asteráceae

 

Outros Nomes, stevia, estévia, erva doce, honeyleaf em inglês, stevia em francês, honigkraut em alemão.

 

Componentes; Steviosidos, steviolviosina, zinco,. glicosídeos, carvocrol,selénio, ferro, quercetina, glucosidios, flavonoides, fósforo, silício, borneol tiamina, ferro, cálcio, alumínio, selénio, sódio, zinco, potássio, etc

 

 Planta Condimentar; Aduçante natural

 

 Propriedades, diurética, estomacal, antibcteriana, hipoglicemica, cardiologista, contraceptiva, azia, obesidade, diminui a necessidade do tabaco assim como o álcool, relaxante para a pele, não é tóxica, antidiabética, não aumenta o nível do açúcar no sangue, reforça as defesas do sistema imunitário, dor de dentes, protege a cárie. Em excesso pode causar hipotensão arterial.

 

Recomendação; As ervas são perigosas quando tomadas em excesso, ou aplicadas indevidamente, tome cuidado, ( grávidas devem ter muito cuidado com os chás ou absterem-se de o tomar.

É intenção deste blog dar a conhecer, apenas a informação do relacionamento que tenho com as plantas, e transcrever as minhas observações, assim como colher informações de pessoas que fazem uso das plantas para determinadas enfermidades, o que pode não coincidir, de uma forma generalizada, dependendo das regiões e costumes, tento descobrir e pesquisar, neste âmbito, não quero que seja interpretado como receituário,  agradeço todas as informações que me possam enviar, em prol do bem do conhecimento.

 

 

 

Conhecia esta planta, pelo nome e pelas suas propriedades peculiares, Adquiri a Stévia,há menos de um ano. tenho um velho costume de proceder à duplicação das plantas, quando tenho uma só unidade, através de um rebento, ou uma haste  com raiz se for possível, ou mesmo sementes, de forma a tentar recrear a planta noutro local diferente, é uma espécie de cópia de segurança, se uma morrer, tenho a possibilidade da outra sobreviver, e também dá para observar melhor o comportamento da planta em locais diferentes. A planta principal, transplantei-a do vaso para a terra, e uma haste mais pequena com raiz, coloquei-a noutro vaso, a primeira desenvolveu-se rapidamente com cerca de 60 centímetros, deu flores branquinhas e muito pequenas, mas, não chegaram a ter verdadeira maturação, as flores começaram a murchar sem amadurecer as sementes, as flores e o caule, começaram a perder vitalidade,  a cor mudou do verde para a cor castanho, as folhas acabaram por se desintegrarem, creio que o clima tem um efeito bastante predominante, estas plantas não se envolvem com temperaturas baixas, mas sim em locais altos com temperaturas altas e húmidas. A outra planta colocada num vaso em local abrigado, tem sobrevivido nesta época do ano, mantêm-se, com boa aparência, tal como mostra a foto. Não conheço muito bem esta planta no que toca às suas carências vitais de sobrevivência, pelo que mantenho um substrato com PH neutro, o que poderá não ser o mais apropriado para as necessidades da planta. A stevia, pode ser cozida, daí que poderá servir de adoçante para determinados pratos de doçaria.

 

                                                                                               

 

                                                                                                   

 
Foto actualizada

                                                                                    


sinto-me: a mastigar uma folha de Stévia

publicado por J. Alves às 10:55
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29

31


posts recentes

DESPEDIDA DE 2017

BIFE DA PÁSCOA de 1974

QUIABO Abelmoschus escule...

TREVO CERVINO -­ PLANTAS ...

ERVA PRINCIPE -­ PLANTAS ...

ABELHAS ASIÁTICAS EM CARD...

16ª Meia Maratona Manuela...

CARDIELOS, NOS SEUS RECÔN...

AZEVINHO PLANTA MEDICINAL

IMPATIENS WALLERIANA-Plan...

arquivos

Dezembro 2017

Março 2016

Dezembro 2015

Outubro 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Junho 2013

Dezembro 2012

Julho 2012

Abril 2012

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds