Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007
OBSERVÂNCIAS, na minha terra

 Observâncias em Cardielos

Pois é amigos:-  com tanta coisa que tenho para escrever, e as ferramentas que temos ao nosso dispor para editar os blogs são tão lentas que quase nem mostram o rosto, por isso a edição, avança sem um visual digno, mas segue em frente, mesmo que as fotos alusivas sigam mais tarde, é hora da procissão e a marcha não pode parar.

Festa de S. Silvestre- Não sei há quanto tempo, mas na minha existência e na dos pais dos meus avós, o fim de ano em Cardielos sempre foi fechado com a festa de S. Silvestre, realizada no Santuário existente no cimo do Monde do mesmo nome, Esta romaria tem características muito especiais, e genuinamente Minhotas, a ela ocorrem romeiros das freguesias vizinhas e de outras bem distantes, levados pela fé, fica o agradecimento ao milagroso S. silvestre, o agradecimentos das petições atendidas durante o ano, que a romaria não é mesma como a conheci há trinta anos, em que os romeiros da outra margem atravessavam o Rio Lima a (vau), e subiam o Monte a pé, com alarido em altas cantadas ao som da concertina e dos pandeiros, e depois de cumprirem todas as promessas , em redor da capela com as réplicas de animais ou outras feitas em cera, depois de bailarem no adro com cantigas ao desafio pelo meio, depois de beberem umas boas tigelas de vinho quente desciam o monte com a mesma alegria, adornados com rosários de alhos e ramos de alfádeca ), havia sempre uma grande feira de gado bobino, que servia de bitola   para os lavradores,  tabelarem os preços do gado para o ano vindouro, às vezes também se assistia à agitação das varas do gado que caiam no lombo de alguns, menos lestos para o jogo do pau. Hoje em lugar do gado bovino que já não abunda muito na região,  muito gado cavalar das freguesias vizinhas, que depois da Bênção dos aos animais e de fazerem a romaria seguem monte abaixo com os respectivos cavaleiros. 

Alto do Monte de S. Silvestre

O pôr dosol em Viana, vistodo alto do monte

 



publicado por J. Alves às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Meus Bonsais--GINKO Biloba

Meus Bonsais P1

      Inicío esta minha rubrica , sobre o tema acima descrito, porque também é um dos meus entretenimentos,  que eu adoro e não há dia que não faça uma visita à minha pequena estufa para tratar e mimar os meus bonsais, claro tenho algumas contrapartidas, alivio-me do stress , acumulado em um dia de trabalho passado numa grande cidade, aqui, neste pequeno mausoléu encontro a paz interior de que necessito, e as plantas também beneficiam , pois a poda de um galho mais pesado, a quebra de uma folha deformada ou defeituosa, a planta fica mais elegante, e também vaidosa do seu visual

GINKO Biloba

Este bonsai, o primeiro de vários que possuo, tem para mim um alto significado, como planta em em sí pelo facto de tanto o Ginko Biloba como o Gizeng , terem propriedades curativas através de chá, prevenirem a doença de Alzheimer , e todas as pessoas a partir dos cinquenta anos deveriam tomar chás desta planta embora administrados com conhecimentos adequados para o efeito.


sinto-me: Óptimo
música: O dia em que saí de casa

publicado por J. Alves às 21:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 7 de Janeiro de 2007
Minhas esculturas

Esculturas P1

 Trabalhar com madeira, sempre me apaixonou, trabalhei profissialmente com as mais variadas madeiras algumas bastante exóticas, talvez daí entrasse em mim o bichinho da madeira, a ponto de me interessar por outros trabalhos como hobbies, no campo da escultura, assim divulgarei algumas obras que ainda conservo.

O BOBO

Este trabalho feito há já alguns anos, foi executado aproveitando as irregularidades do tronco, aproveitando assim alguns contornos da natureza.

 



publicado por J. Alves às 09:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007
LIPIA CITRIODORA- Família das Verbenáceas-mais nomes, Lúcia Lima, Bela Luisa, Doce Lima, Limonete,et

 

  PLANTAS MEDICINAIS  P2

Na continuação deste tema, este arbusto, depois de pegado por estaca ou de outra forma, desenvolve-se bastante rápido e resiste bem ao nosso clima, não precisa de cuidados especiais, se bem que a rega seja necessária, a sua reprodução pop estaca, por vezes nem sempre resulta, mas depois de  uma tentativa ou outra acabamos por ter em pouco tempo um arbusto viçoso ramalhudo, as folhas deitam um perfume intenso, com aroma a limão, as propriedades desta planta, tem muita semelhança com a melissa (cidreira), no Brasil além destes nomes também é conhecida por Erva Cidreira, atendendo que tem efeitos análogos, e é designada para os mesmos males, combate sobretudo perturbações nervosas, gástricas, gastrites, perturbações digestivas, vómitos vertigens, meteorismo, e tal como a erva cidreira não é aconselhável, consumir mesmo em pequenas quantidades mais de oito dias seguidos.

Limonete

 Encontra-se-(Foto m/ quintal)

---Normalmente os chás são feitos por infusão, ou seja , prepara-se deitando água a ferver, sobre as plantas, eu costumo fazer da seguinte maneira, quando a água está a ferver, deito as plantas dentro do recepiente nãomais do que dois minutos, e ponho a arrefecer, para dfepois ser tomado, mais tarde falarei sobre outras formas de utilização.

  Bom chá com os cumprimentos de João Alves

 

 

 

 PLANTAS MEDICINAIS  P1

  Um dos meus entretimentos , nos últimos anos, tem sido o estudo, a descoberta e a pesquisa no terreno de Plantas medicinais, comecei por procurar nos alfarrabistas , e livrarias, e consegui adquirir umas dezenas de obras da especialidade, incluindo alguns livros estrangeiros, no entanto a minha maior dificuldade, encontro-a no terreno pois tenho dezenas de plantas por identificar, tive a ajuda de algumas pessoas que tem conhecimento específico neste campo, mas também elas têm a mesma dificuldade, alegro-me em conhecer que no alto Minho temos imensas plantas medicinais, classificadas como de alta eficiência curativa, segundo as descrições colhidas, nos compêndios da especialidade, tenho no meu quintal várias plantas que foi adquirindo ultimamente , mas muitas delas crescem em determinados sítios da Aldeia, umas anuais , outras perenes, mas nos meses de floração elas rompem da terra para serem colhidas, só temos que estar atentos para as colher, para a secagem e conservação, para posteriormente serem utilizadas quando delas necessitarmos.

A colheita deve ser feita nos meses próprios adequados à planta a colher, cada espécie tem uma época própria de colheita, variando de planta para planta, depois de colhidas devem ser secas num lugar à sombra, e bem arejado, não devendo haver nem sol nem humidade, pelo que não se deve apressar a secagem, depois de devidamente secas, recolhem-se em recipientes hermeticamente fechados, podendo ficar inteiras ou trituradas, o tempo de conservação depende de planta para planta mas não deve exceder um ano.

Eu quero no meu blog, simplificar o máximo possível, o manuseamento das plantas medicinais tentando falar apenas no essencial, para a sua utilização, apresentarei uma planta, ou erva de cada vez, fazendo uma descrição global dessa planta e se possível o local onde existe na nossa aldeia, para ajudar, colocarei uma foto dessa planta.



publicado por J. Alves às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007
OBSERVÂNCIAS

ABERTURA;

                   Como no dia 1 de Janeiro 2007, não foi possível, fazer a abertura do meu blog, porque foi um dia feriado e eu respeito religiosamente os feriados, mesmo que sejam ao domingo, por isso meus amigos não levem a mal que hoje, dia dois não faça grande coisa, mas ainda estou cansado do dia feriado, mas há muitas mais razões para que eu hoje não vá além de uma simples abertura, primeira porque não percebo grande coisa disto, as outras já não interessam, como é princípio de ano novo, tenho imensos planos e muitas ideias para o meu blog, que quero compartilhar convosco, não sei como as coisas estarão a meio do ano, esta abertura já é um princípio, que pode ser o começo de muita coisa, esperem para ver.J.Alves

===========================================================================

 



publicado por J. Alves às 22:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

PENSAMENTO, ARTE E NATURE...

DESPEDIDA DE 2017

BIFE DA PÁSCOA de 1974

QUIABO Abelmoschus escule...

TREVO CERVINO -­ PLANTAS ...

ERVA PRINCIPE -­ PLANTAS ...

ABELHAS ASIÁTICAS EM CARD...

16ª Meia Maratona Manuela...

CARDIELOS, NOS SEUS RECÔN...

AZEVINHO PLANTA MEDICINAL

arquivos

Dezembro 2018

Dezembro 2017

Março 2016

Dezembro 2015

Outubro 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Junho 2013

Dezembro 2012

Julho 2012

Abril 2012

Novembro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds